terça-feira, 2 de julho de 2013

ATITUDE DE QUEM SERVE AO DIABO

Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros, e não se deu aos pobres?João 12.5

Judas Iscariotes teve o privilégio de andar ao lado de Jesus e ainda ser Seu discípulo, mas preferiu aprender as lições de Satanás. Ele andava próximo do Senhor, mas não com Ele; por isso, tornou-se um traidor. Há muita gente com aparência de homem de Deus, falando igual aos servos do Altíssimo; porém, suas obras provam que não passam de agentes do maligno, os quais, um dia, poderão surpreender-nos com estranhas atitudes.As pessoas de Deus são conhecidas pelo temor que têm a Ele (Pv 9.10a). Aliás, o jeito de falar logo denuncia se um indivíduo serve ou não ao Senhor. Até no andar o santo se difere do pecador, e o olhar de quem tem o Espírito Santo é diferente dos que não têm a graça divina. Isso porque o que nos faz distinguir um salvo de um perdido é o testemunho que o Todo-Poderoso dá dele, pois, logo ao olhá-lo ou ouvi-lo, sentimos se é ou não filho do nosso Pai.Diante disso, é quase inacreditável que Jesus tenha escolhido um ladrão para ser o Seu tesoureiro, mas foi verdade (Jo 12.6). Alguém pode dizer que ele passou a roubar depois que lhe foi confiada a bolsa do ministério; porém, se foi assim ou não, pouco importa. Jesus conhecia todos e sabia o que havia no coração de Judas. Então, por que ele não confessou suas fraquezas e pediu ajuda? Ora, é certo que ele não se portava como um cavalheiro na presença do Mestre.De nada adiantará ficarmos cogitando sobre coisas que jamais saberemos, pois chegará o dia em que todas as nossas perguntas serão respondidas. Será que Judas foi o último ladrão que houve na Igreja? É certo que não. O inimigo tem encontrado, em todas as eras, pessoas fracas, que não aguentam a menor tentação. Mais dia, menos dia, elas irão tornar-se “colegas” de Judas, ou do rei Herodes, que ficou com a mulher do seu irmão (Mc 6.16-18).Precisamos de unção para ensinar a Palavra de Deus, pois, com isso, muitos irão converter-se. Todo cristão deve vigiar para não dar causa a adultério, roubo ou qualquer outro pecado. Cuide para que o seu exemplo não leve alguém a obedecer ao diabo, pois, se isso ocorrer, você será responsável. Jesus avisou que existe até quem exponha sua metade a se tornar adúltera (Mt 5.32). O respeito pela Palavra do Senhor é que guardará você.Além disso, quem molesta alguém que obedeceu ao toque do Altíssimo, como Judas fez com Maria, já está fora da presença divina. O servo de Deus pode ser usado para advertir os que estão no erro, mas nunca a quem faz o que o Espírito Santo lhe ordenou. Afinal, os que são guiados pelo Pai falam as Suas palavras, e as nossas atitudes provam de quem somos servos.Judas estava em trajetória descendente. Um pouco mais adiante, ele aceitou dinheiro dos sacerdotes para entregar Jesus, o que prova seu gosto pelas coisas que o diabo lhe mostrava. Quem obedece ao maligno assiste a filme imoral, observa e deseja quem não é seu cônjuge, vive com fantasias sexuais, gosta de luxo etc. Então, fuja das tentações e sirva ao Senhor.

Nenhum comentário: